Alimentação na gravidez: um guia de nutrição para as (futuras) mamãs

Quando uma mulher decide tentar engravidar, há mil e um fatores que é preciso ter em conta para calcular o tempo que levará até conseguir alcançar uma gravidez e parto saudáveis.

Um dos fatores mais determinantes neste cenário é a tua alimentação. Isto porque a alimentação na gravidez é, em grande medida, responsável pelos níveis nutricionais do teu organismo, os quais que deves manter estáveis, especialmente durante a gravidez.

Por isso, neste artigo contamos-te tudo o que deves saber sobre a nutrição ideal para as mulheres que querem engravidar, para as que já estão grávidas e até para as recém-mamãs.


Alimentação gravidez

Alimentação na gravidez – o que precisas de saber

A base para levar uma gravidez a bom porto passa, claro, por adotar um estilo de vida saudável.

Os maus hábitos à mesa nunca fizeram bem a ninguém, podendo, em caso de gravidez, potenciar uma série de riscos e complicações durante a gestação. Alguns dos problemas associados a uma má alimentação antes e durante a gravidez são a diabetes gestacional ou até excesso de peso.

Para evitares todas as patologias associadas a uma alimentação na gravidez pouco cuidada, dir-te-emos o que deves escolher para que te sintas forte durante este período da tua vida e para que o teu bebé se desenvolva de forma sã.


assegura a tua saúde e a do teu bebé

Com uma boa alimentação na gravidez assegura a tua saúde e a do teu bebé

O mais importante para a tua saúde – em geral e mais ainda se serás mamã em breve – é que evites, a todo o custo, o sedentarismo. Quer isto dizer que deves fazer atividade física todos os dias, desde que esta esta seja adequada à tua condição e, quem sabe, acompanhada por um profissional do desporto especializado em exercício físico durante ou pós-gravidez.

Ademais, sabe que durante a gravidez as exigências nutricionais são diferentes das que normalmente o teu corpo requer. O que significa que, provavelmente, necessitarás de uma dose extra de determinados nutrientes, não só para que a fertilização ocorra com naturalidade, mas também para que, durante a gravidez, o feto se desenvolva sem dificuldade.


Sabias que quando estás grávida, a quantidade de sangue no teu corpo aumenta e que precisas de mais ferro para produzir mais hemoglobina? Este é um dos motivos pelos quais 40% das mulheres grávidas sofre de anemia. Sobretudo porque não repõem os níveis de ferro de que tanto necessitam durante esta fase.

Mas a anemia também se carateriza por baixos níveis de vitamina B2 e de ácido fólico.

Ora, o ácido fólico tem uma das funções mais amplas e importantes no organismo feminino, sobretudo quando a mulher espera um filho. Daí que, para conceber e durante a gravidez – nomeadamente para que o tubo neural do bebé se desenvolva corretamente – precisas desta vitamina em muito maior quantidade.


que nutrientes precisas para engravidar de forma saudável

De que nutrientes precisas para engravidar de forma saudável

Para teres a gravidez que desejas, procura assegurar os níveis de:

  • ácido fólico, integrando muitos vegetais de folha escura na tua alimentação.
  • ferro, que contribui para o transporte de oxigénio e para o bom processo de divisão celular. Encontra-o nas carnes vermelhas (que deves consumir em moderação), nos frutos secos e no marisco.
  • zinco, que aumenta a tua fertilidade e cuja deficiência pode levar a complicações no crescimento do bebé. Podes obtê-lo através do arroz integral, da aveia e amêndoas.
  • ómega-3, que também facilita o normal desenvolvimento do cérebro do teu bebé e que podes encontrar, sobretudo, em peixes de rio.
  • vitamina D, que ajuda na absorção do cálcio (ótimo para o fortalecimento ósseo). Encontrá-la-ás em peixes gordos, laticínios e gema de ovo.
  • vitamina C, útil para facilitar a absorção de ferro e reforçar as defesas do teu organismo. Está presente nas frutas e legumes como kiwi, melão, tomate, brócolos, pimento vermelho e couves-de-bruxelas.
concevit preconcecao

Carências nutricionais na gravidez: é habitual?

Infelizmente, sim: estima-se que metade das mulheres grávidas sintam falta de vários nutrientes durante esta fase.

Por isso é tão importante que, se desejas engravidar ou ter uma gravidez bem-sucedida, procures colmatar essas carências com uma alimentação rica nos nutrientes acima referidos e com um estilo de vida saudável.

Outra ajuda – aliás, recomendada por profissionais de saúde – passa pela toma de um suplemento nutricional, nos meses antes de conceberes e durante a gestação. Nós, aconselhamos-te Concevit®.

Concevit® é um complemento que te assegura os níveis nutricionais ideais numa mulher grávida. Composto por folato (a forma ativa do ácido fólico), ferro microencapsuladoómega-3iodo e muitas outras vitaminas, este suplemento natural ajudar-te-á a sentir a energia de que necessitas, assim como a assegurar o normal desenvolvimento da criança que tanto desejas e esperas.

Prepara a tua gravidez

Partilhar:

3 comentários em “Alimentação na gravidez: um guia de nutrição para as (futuras) mamãs

    • Laboratorios NIAM diz:

      Olá, bom dia Sheila 😊

      Como desejas ser mamã, o melhor, segundo os estudos, é começares a suplementar a tua alimentação dois meses antes de engravidares, para teres o corpo preparado e para que seja um processo saudável desde o primeiro momento.

      No entanto é impossivel saber o dia que podes engravidar, por isso recomendamos que o dia que tomes essa decisão comeces a suplementar a tua dieta! O tubo neural do teu bebé forma-se no primeiro mês da gravidez, e essa estrutura forma o cérebro e a coluna vertebral do bebé. O mais provável é que engravides e não o saibas, mas sim umas semanas mais tarde.

      Quando já tiveres a certeza que estás grávida, o teu bebé ja terá o tubo neural formado e necessita de ter suficiente Ácido fólico, entre outros nutrientes para evitar possíveis problemas.

      Recomendamos o Concevit desde a planificação da tua gravidez até ao período de amamentação.

    • Laboratorios NIAM diz:

      Olá, boa tarde Sheila😊

      O melhor, segundo os estudos, é começares a suplementar a tua alimentação dois meses antes de engravidares, para teres o corpo preparado e para que seja um processo saudável desde o primeiro momento.

      No entanto é impossivel saber o dia que podes engravidar, por isso recomendamos que o dia que tomes essa decisão comeces a suplementar a tua dieta! O tubo neural do teu bebé forma-se no primeiro mês da gravidez, e essa estrutura forma o cérebro e a coluna vertebral do bebé. O mais provável é que engravides e não o saibas, mas sim umas semanas mais tarde.

      Quando já tiveres a certeza que estás grávida, o teu bebé ja terá o tubo neural formado e necessita de ter suficiente Ácido fólico, entre outros nutrientes para evitar possíveis problemas.

      Recomendamos a toma de Concevit desde a planificação da tua gravidez até ao período de amamentação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *