Partilhar:

A insónia é uma das consequências mais complicadas da menopausa.

É bem verdade: podem passar horas e horas até que consiga dormir descansada e, quando finalmente consegue adormecer, sente que é acordada por um sufoco e volta a despertar. 

Antes de mais, se é uma mulher na menopausa, deve começar por ter em conta que a insónia durante esta fase se deve, na maioria dos casos, precisamente a esses sufocos e afrontamentos noturnos. 

a insónia na menopausa

Diga adeus à insónia na menopausa!

Quando dorme pouco e mal, os seus estados de ânimo ressentem-se e a irritabilidade, a ansiedade ou a angústia aparecem frequentemente associados às insónias. Isto, aliado à batalha hormonal que o organismo da mulher trava diariamente durante a menopausa, pode ser uma bomba para o seu corpo!

Por outro lado, é habitual que, antes de chegar ao desespero associado à falta de descanso, as mulheres tomem medicamentos para dormir que podem chegar a criar dependência. Por isso mesmo, e antes de tomar medidas radicais, o nosso conselho é que tente resolver as suas insónias através de alguns truques eficazes ideias para quem precisa dormir melhor.

Vamos a isso?

 

Chega de aparelhos eletrónicos

Para combater a insónia na menopausa, procure evitar ter qualquer tipo de aparelho eletrónico ligado no seu quarto. E, sim, este conselho inclui telemóveis, televisões, radio-despertadores, talbets e quaisquer outros aparelhos. Retire-os do quarto onde dorme, já que a sua presença liberta ondas eletromagnéticas que podem afetar a atividade do seu cérebro e, consequentemente, a qualidade do seu sono.

 

Deixe correr o ar

Durma sempre numa zona bem ventilada. O ar que vai respirar toda a noite deve ser limpo e fresco, o que só se consegue através de uma boa ventilação. Ao ventilar o seu quarto ajuda a limpar o ar, aumenta a sensação de limpeza dessa divisão e evita o aparecimento de ácaros.

Na primavera, no verão e no outono, se não estiver demasiado frio, pode até deixar uma janela entreaberta para que o seu quarto esteja fresco e ventilado toda a noite. Verá que dormirá melhor e o seu sono será mais reparador.

 

Escolha bem a sua roupa de cama

Os lençóis, mantas, nórdicos e até o seu pijama são tudo fatores importantes para combater a insónia durante a menopausa.

A nossa primeira dica é que evite os tecidos sintéticos como o poliéster. Escolha aqueles que são 100% naturais, como o algodão, linho e seda, já que estes transpiram melhor e ajudam-na a descansar de forma totalmente relaxada.

Da mesma forma, a não ser que tenha necessidades especiais, aconselhamo-la a evitar os protetores de colchão com plásticos ou impermeáveis. Só ajudaram a aumentar a sensação de calor e fá-la-ão suar mais.

Antes só do que mal acompanhada

Se partilhar cama ou espaço com outra pessoa e sentir que isso prejudica o seu sono, experimente dormir só. O calor de outro corpo, os seus sons (ou até o ressonar) e os seus movimentos podem afetá-la mais do que imagina, mesmo que pense que está habituada :).

Assim, isole-se na hora de dormir, procure um espaço confortável onde possa descansar em silêncio, com pouca luz e sem aparelhos eletrónicos. Em certas ocasiões, e sem nunca ofender a pessoa com quem partilha o seu espaço, é mesmo melhor estar sozinha do que mal acompanhada 😉

Diga adeus à insónia na menopausa!

As infusões são os seus melhores aliados

Um pouco antes de ir dormir, experimente tomar uma infusão (idealmente morna ou fria) de bálsamo ou de valeriana. Desta forma, estará a avisar o seu corpo de que a hora de descansar se está a aproximar e, assim, adormecer tornar-se-á mais simples.

 

Dizer não aos inimigos do sono: o café e o chá

Como certamente imagina, o chá e o café não são os seus melhores amigos se o que verdadeiramente deseja é dormir profundamente e ter um sono tranquilo e reparador. Já lhe dissemos anteriormente que, durante a menopausa, o melhor é mesmo evitar estas duas bebidas, mas se isso lhe parece muito complicado, experimente, pelo menos, evitar tomar chá e café a partir das 16h da tarde – certamente melhorará muito a amplitude dos seus sintomas, entre os quais o sono irregular.

 

Melhor ler um livro do que ver televisão

Ver televisão à noite mantém-nos, a todos, muito alerta: as imagens em movimento e os estímulos sonoros constantes fazem com que o nosso cérebro se mantenha sempre muito ativo.

No entanto, ler um livro pode ajudá-la a relaxar, enganando o seu cérebro para que, a pouco e pouco, possa ir adormecendo.

 

 

Se se dá mal com o seu colchão, livre-se dele

Às vezes algumas relações são tóxicas e devem acabar. Assim, se tem o mesmo colchão há mais de seis anos e não dorme bem nele, talvez tenha chegado a hora de pensar em comprar um novo que se adapte melhor ao seu corpo, que seja firme e que transpire corretamente.

 

Seja implacável com os seus horários

Se sofre de insónia na menopausa, saiba que não vale a pensa deitar-se todos os dias a uma hora diferente, dado que isso só piorará o seu sono. Estabeleça um horário fixo para ir para a cama e tente cumpri-lo todos os dias.

No princípio, é possível que lhe custe um pouco. No entanto, com o tempo, verá que será cada vez mais fácil adormecer, já que o seu corpo acabará por se habituar à ideia e até isso lhe facilitará o sono.

 

Fuja da luz 

Se tem insónias, aproveite as persianas e cortinas e evite a luz a todo o custo. Dormir às escuras ou na penumbra vai ajudá-la a  adormecer mais facilmente e a descansar mais profundamente. A luz diurna, a luz dos candeeiros e até a luz dos carros que passam na rua podem afetar o seu descanso muito mais do que pensa.

Marca-ClimaFort

Gostaria de ter uma ajudinha extra com a insónia durante a menopausa?

Um truque: deixe um copo de água e um leque junto à cama para se poder refrescar no caso de despertar com afrontamentos.

Se isto lhe acontece regularmente, experimente levantar-se, dar um passeio pela casa e, só depois, voltar para a cama. Tente ler um pouco e verá como as suas pálpebras vão começar a ceder.

Contudo, há ainda duas medida extra que pode tomar para descansar melhor. Por um lado, pode facilitar o relaxamento do seu cérebro com um complemento focado no alívio da ansiedade, do stress e da insónia. Nesse caso, convidamo-la a conhecer AnimaFort MULTI – um suplemento 100% natural que tem uma fórmula única que contribui para o relaxamento da sua mente.

 

Por outro lado, também pode ajudar-se com um suplemento em cápsulas especialmente desenvolvido para atenuar os sintomas da menopausa. Nesse caso, procure conhecer o ClimaFort, um suplemento alimentar que a ajudará a equilibrar os seus níveis hormonais, aliviando, de forma natural, os sintomas mais complicados da menopausa como os afrontamentos, a irritabilidade e, claro, a insónia.

Gostaria de obter mais informações sobre o AnimaFort MULTI e sobre o ClimaFort? Pode ler opiniões reais de mulheres que já os experimentaram clicando neste botão:

Onde posso encontrar ClimaFort®?

Nas farmácias

Solicite-o com o código nacional: 
C.N.P. 6283275

Também pode interessar-lhe...

Opiniões e reviews de ClimaFort Menopausa

Menopausa sem afrontamentos Saiba mais   Saiba mais   O que opinam as nossa clientes sobre o ClimaFort?   Sabemos que cada vez são mais importantes as opiniões dos clientes. E isso faz-nos felizes, porque temos muitas!  Temos reunido aqui...

read more

A importância de relaxar a mente e dormir bem

Menopausa sem afrontamentos Saiba mais   Saiba mais   Relaxar a mente é essencial para que te sintas melhor, mais feliz e calma, e para que possas usufruir ao máximo da tua vida, ao lado daqueles que mais amas. Mas os benefícios de uma mente...

read more

Siga-nos no Facebook

Partilhar: