fbpx

Temas sobre a menopausa

POSTS MAIS VISITADOS
Opiniões Climafort®

Menopausa: das dores articulares na menopausa aos típicos afrontamentos

A menopausa é uma fase da vida mulher pautada pelo fim da idade fértil e pela cessação dos períodos menstruais.

Mas com a menopausa, vários sintomas desconfortáveis podem tomar conta do corpo da mulher, afetando-a a nível físico e psicológico.

Acompanhe-nos neste artigo e fique a saber quais os sintomas mais comuns da menopausa, com especial enfoque para as dores articulares na menopausa, uma das consequências de que as mulheres mais se queixam.

Sintomas mais comuns na menopausa

Dores articulares na menopausa

As dores articulares na menopausa são um dos sintomas mais frequentes nesta fase da vida da mulher madura.

Por um lado, a descida do estrogénio no corpo da mulher atinge as articulações, que antes possuíam um recetor do estrogénio (que atuava como anti-inflamatório natural) e que agora deixa de ser produzido. Consequentemente, verifica-se a diminuição da massa óssea e o risco de fratura aumenta, razão pela qual a menopausa é um dos fatores de risco para se vir a sofrer de osteoporose.

banner clima e sonho

Da mesma forma, sabe-se que estas dores articulares na menopausa podem também ser acompanhadas de inchaço, rigidez e sensação de calor, podendo também afetar músculos e tendões.

Por outro lado, o aumento da retenção de líquidos também pode causar as malfadadas dores articulares na menopausa. Assim, seguir uma alimentação saudável que inclua cálcio — presente nos laticínios, brócolos e espinafres — e praticar exercício físico regular é fundamental para fortalecer os músculos que suportam o esqueleto e evitar as incómodas dores nas articulações.

Por fim, saiba que a vitamina D — obtida, por exemplo, através da exposição solar —também é crucial para manter os seus ossos saudáveis, naturalmente mais frágeis na menopausa.

Dores de cabeça

Além das dores articulares na menopausa, as dores de cabeça ou cefaleias também são caraterísticas da pré-menopausa e da menopausa. Estão relacionadas com a oscilação dos níveis hormonais, mais concretamente com a diminuição do estrogénio e da progesterona no organismo feminino.

A boa notícia é que estas dores tendem a diminuir à medida que esta fase de transição passa.

Afrontamentos

Os desagradáveis afrontamentos são a imagem de marca da menopausa. Estão relacionados com a oscilação hormonal caraterística desta fase e consistem numa repentina sensação de calor, causada pela vasodilatação da pele, e que dura entre dois a quatro minutos.

Podem ser seguidos de palpitações, tremores, suor e até crises de ansiedade. Ademais, podem ocorrer durante a noite, interferindo na qualidade do sono da mulher.

Por isso, recorrer a tecidos leves e arejados e vestir-se por camadas pode ser uma boa solução. Se sofre de afrontamentos noturnos, opte por uma camisa de noite fresca.

Acumulação de gordura abdominal e flacidez

À medida que as mulheres envelhecem, é normal que tendam a aumentar de peso, a ver o seu perímetro abdominal alargado que a pele do seu corpo se torne mais flácida.

Mas nada disto tem de ser uma condenação. Alimentação sem excessos e uma prática regular da atividade física ajudá-la-ão a voltar à sua forma física ideal e, claro, a fugir das ditas dores articulares na menopausa.

Mudanças de humor

Sim, também o seu humor pode ser afetado na menopausa, traduzindo-se em maior propensão para a irritabilidade e ansiedade — afetam o sono, levam a alterações no apetite e, claro, podem interferir na sua relação com outrem.

As alterações hormonais e as suas consequências levam a que algumas mulheres se sintam inseguras com o seu corpo, perdendo a autoestima.

Para combater estas mudanças de humor, convém que reserve algum tempo para cuidar de si e para estar com aqueles de quem mais gosta.

Diminuição da libido e secura vaginal

A nível sexual, também há alterações. As mulheres costumam sentir menos desejo sexual, tendo mais dificuldade em excitar-se e em atingir o orgasmo. Também é mais provável sentir dor durante o ato sexual, devido a uma menor lubrificação vaginal.

Para evitar a secura vaginal, opte por usar um lubrificante e faça exercícios de Kegel —muito benéficos para manter a sua zona pélvica ativa e chegar mais facilmente ao orgasmo.

adeus calores banner clima

Uma menopausa mais suave

Felizmente que, para aliviar os sintomas da menopausa, pode ainda recorrer a um suplemento 100% natural como ClimaFort®.

ClimaFort® possui extrato de lúpulo, minerais e vitaminas que a ajudam a aliviar os afrontamentos, a combater a irritabilidade e a secura vaginal, a aliviar as dores articulares na menopausa, entre tantos outros benefícios.

Há vida para lá da menopausa, não a deixe passar.

ClimaFort® é um suplemento alimentar em cápsulas que contribui para aliviar, de forma natural, os afrontamentos (ondas de calor) e outros sintomas da menopausa.

Como posso encomendar ClimaFort®?

COMPRAR ONLINE

Pela compra de 2 caixas, o envio é grátis

300 509 108

De segunda a sexta-feira das 8 ás 16h (telefone fixo nacional)

AMAZON

ClimaFort® também está à venda na Amazon

NA SUA FARMÁCIA
Solicite Climafort® com:
  • nome do produto 
  • Se não encontra o produto desejado na sua farmácia de confiança, lembre que o farmacêutico pode encomendá-lo com o Código Nacional Português: 6283275.
Se não consegue encontrar o suplemento nas farmácias da sua área, escreva um email a: [email protected].

opiniões verificadas ClimaFort®

Opiniões de clientes sobre ClimaFort® Menopausa

A classificação média é 4.58

Baseado em 129 opiniões

95
19
12
1
2
As avaliações são verificadas por
08 / 05 / 2021
Selecionei o produto porque em Portugal não existe similar, e os comercializados aqui são mais caros. Recomendo!
04 / 05 / 2021
Já tomo há algum tempo e tem me ajudado muito com a menopausa
19 / 04 / 2021
Encomendei este produto porque depois de fazer alguma pesquisa achei que seria o mais adequado á minha situação. Em relação ao efeito ainda não posso dar opinião porque só estou a tomar á 6 dias.
Laboratórios Niam respondeu o 21 / 04 / 2021
Olá, obrigado pela sua opinião. A maioria das mulheres notam os primeiros efeitos benéficos do ClimaFort por volta das 4 semanas tomando 1 cápsula ao dia. Mas, quanto ao tempo que o ClimaFort começa a fazer efeito depende de cada mulher e do nível hormonal com que começa a toma. Há mulheres que nas 2 primeiras semanas já começam a sentir-se melhor e outras que necessitam de 10 semanas para notarem os efeitos. Tenha em conta também que os hábitos alimentares e o exercício físico podem ajudar muito a que se encontre melhor.Cumprimentos
Veja mais opiniões
Fechar opiniões
Cargando comentarios

Posts relacionados

Temas sobre a menopausa

POSTS MAIS VISITADOS

AS NOSSAS REDES SOCIAIS

climafort®

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Menopausa sem afrontamentos