fbpx

Gases intestinais: como os evitar de forma natural

Sintomas como dor abdominal, sensação de inchaço ou a libertação involuntária dos gases sob a forma de flatulência ou eructação (o ato de arrotar) são sinais de que pode sofrer de excesso de gases intestinais.

A acumulação destes gases não costuma ser grave, mas normalmente causa um grande desconforto geral.

Causas para o excesso de gases intestinais

O aparecimento de gases pode estar relacionado com várias causas associadas ao seu estilo de vida.

Para que seja possível evitá-los é preciso, antes de mais, compreender e avaliar a sua origem. Esta poderá estar relacionada com fenómenos como a aerofagia, com a alimentação, ou mesmo com o stress e a ansiedade.

Qualquer destes fatores pode levar ao desequilíbrio na flora intestinal, que por sua vez, também pode provocar os gases intestinais.

Neste artigo falamo-vos do tipo de comportamentos que podem levar ao seu aparecimento e como combatê-los de forma natural.

emitium intestinal

Gases causados pela aerofagia

A aerofagia é um dos principais motivos para a formação dos gases intestinais e é definida pela entrada de ar no estômago, provocada pela sua ingestão.

Este é um fenómeno que acontece naturalmente, mas quando em quantidades elevadas contribui para o inchaço e desconforto abdominal.

Como evitar a aerofagia?

Existem alguns cuidados que é possível ter de modo a evitar o consumo de ar e reduzir, assim, a formação de gases.

Comer muito depressa, comer de boca aberta, comer em excesso, falar enquanto come ou mascar pastilha elástica são comportamentos que geralmente contribuem para a aerofagia, intensificando a produção de gases intestinais.

Como tal, é aconselhável que coma devagar e que mastigue bem os alimentos. Ao fazê-lo, irá ser também mais fácil que não coma em excesso, pois o corpo dará uma resposta mais atempada quando estiver cheio.

Também o tabaco é prejudicial, pois, além de ser um irritante gástrico e provocar stress, potencializa a aerofagia.

A alimentação que provoca gases intestinais

Além de ter atenção à forma como ingere os alimentos, deve também ter algum cuidado com os alimentos que escolhe, especialmente se tiver um organismo com propensão à criação de gases intestinais.

Entre os alimentos a evitar, encontram-se:

  • Feijão e lentilhas;
  • Couves, brócolos, couve-flor e couves-de-bruxelas;
  • Cenouras, tomate e repolhos;
  • Ameixas e damascos;
  • Lacticínios (particularmente em casos de intolerância à lactose);
  • Alimentos com açúcares adicionados;
  • Bebidas gaseificadas;
  • Hidratos de carbono;
  • Alimentos ricos em glúten.

Em contrapartida, existem alimentos que poderá consumir que podem ajudar a reduzir o inchaço, que são:

  • Frutas como a papaia e o abacaxi;
  • Alguns chás — como o chá de folha de abacateiro, chá de erva-cidreira, chá de erva-doce, ou chá de gengibre;
  • Vinagre de maçã;
  • Sumo de limão;
  • Temperos como o alho, a pimenta preta ou a canela.

O estilo de vida no combate aos gases

O exercício físico deverá ser outro fator a ter em conta no combate à formação de gases no intestino.

Entre as atividades que pode praticar para evitar este tipo de situações estão o andar de bicicleta e caminhadas longas.

A prática de exercício físico leva também a uma redução dos níveis de stress e ansiedade, que por sua vez, afetam o seu intestino e, muitas vezes, contribuem para a aerofagia.

Outras dicas  

Outro método que lhe poderá trazer algum alívio é o gesto de se deitar de barriga para cima, com os joelhos dobrados sobre ela, de modo a aplicar alguma pressão. Pode optar também por fazer massagens abdominais, no sentido dos ponteiros do relógio.

Qualquer uma destas ações ajuda a libertar o ar acumulado e, como tal, deverá contribuir para que se sinta mais leve no que diz respeito ao desconforto causado pelos gases intestinais.

Emitium intestinal, 100% natural

Suplementação no combate aos gases intestinais

EMITIUM® Intestinal é um suplemento natural constituído por uma série de vitaminas que ajudam a desenvolver o sistema imunitário e por dois tipos de probióticos que atuam diretamente no intestino.

Se sofre de gases intestinais, o EMITIUM® Intestinal poderá ajudá-lo a melhorar e aliviar deste desconforto que pode muitas vezes condicionar a nossa vida quotidiana.

Com dois tipos de probióticos que contribuem para a regularização da flora intestinal, bem como extrato seco de alcachofra, importante para a segregação dos sucos digestivos, EMITIUM® Intestinal é o suplemento ideal para a regulação intestinal.

EMITIUM® Intestinal contribui para recuperar a sua saúde intestinal de forma natural.

como encomendar EMITIUM® Intestinal

emitium intestinal
COMPRAR ONLINE

A partir de 2 caixas, o envio é grátis

300 509 108

De segunda a sexta-feira das 8 ás 16h (telefone fixo nacional)

NA SUA FARMÁCIA
Solicite Emitium® com:
  • nome do produto 
  • Se não encontrar o produto desejado na sua farmácia de confiança, lembre que o farmacêutico pode encomendá-lo com o Código Nacional Português: 6636951.
Se não conseguir encontrar o suplemento nas farmácias da tua área, escreva a: consultas@laboratoriosniam.com.

AS NOSSAS REDES SOCIAIS

EMITIUM® Intestinal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *