Tire todas as suas dúvidas sobre a gravidez na menopausa

Muitas mulheres se questionam sobre se engravidar na menopausa é ou não possível.

Na maioria dos casos, a dúvida surge porque as mulheres que chegam a esta fase querem deixar de utilizar um método contracetivo e não estão certas do momento em que deixam de ser férteis.

Há, por outro lado, mulheres que, na pré-menopausa, já notam algumas alterações no seu organismo e receiam não conseguir engravidar antes do fim da idade fértil.

Por isso, neste artigo esclarecemos-lhe todas as dúvidas sobre gravidez, pré-menopausa e menopausa.

gravidez na menopausa

É possível engravidar na menopausa?

A resposta a esta pergunta é: depende.

O corpo da mulher tem um número limitado de óvulos que se começa a consumir logo desde as primeiras menstruações.

Por isso, a melhor etapa para conceber é entre ou entre os 18 e os 20 anos e, preferencialmente, até aos 35 anos – idade a partir da qual as possibilidades de conceção ficam reduzidas a metade. A partir dos 40 anos essas possibilidades tornam-se ainda menores, mas engravidar não é impossível.

Durante a fase de utilização de métodos contracetivos hormonais as ovulações são “retidas” e a vida fértil da mulher é ligeiramente prolongada. Também pode acontecer que essas ovulações sejam aceleradas durante os últimos anos de fertilidade e o organismo das mulheres produza ovulações duplas que podem levar à conceção de gémeos.

banner climafort lavanda

Devo utilizar métodos contracetivos na menopausa?

Durante a pré-menopausa o corpo começa a sofrer as primeiras alterações que dão sinal de que o organismo está a atravessar uma fase de transição.

As irregularidades da menstruação, o início dos afrontamentos, as mudanças de humor e a dificuldade em dormir são só alguns dos sintomas desta etapa da vida da mulher.

Contudo, isso não significa que as mulheres desta idade sejam estéreis. Embora seja mais difícil— já que os óvulos não têm a mesma qualidade e é mais difícil que a fecundação ocorra — engravidar nesta fase não é impossível.

Daí que, durante este período de transição, recomendemos o uso de métodos contracetivos como o preservativo.

Se pensa que está na pré-menopausa mas pretende engravidar, deve consultar um especialista em fertilidade para ficar a conhecer melhor as suas opções. Contudo, há que ter em mente que uma gravidez nesta fase pode implicar recorrer à doação de óvulos.

mulher com o sol a frente

Então, a gravidez na menopausa, é possível?

Chama-se menopausa ao período de 12 meses consecutivos sem menstruação. Passado esse período é quase 100% seguro de que o seu organismo não volta a ovular, pelo que é praticamente impossível engravidar de forma natural.

Assim, a gravidez na menopausa, dependendo de uma fecundação natural, não é possível.

Todavia, há casos de mulheres que depois de um ano sem menstruar voltam a ter o período. É precisamente nesses raros casos que a “gravidez na menopausa” é possível, ainda que muito improvável.

abraço de um casal

Gravidez na menopausa: tratamentos e riscos

Se está já na menopausa mas gostaria de engravidar, saiba que é possível recorrer à fertilização in vitro — com recurso aos seus óvulos congelados ou a óvulos doados.

Em todo o caso, visto que também o útero envelhece, é necessário prepará-lo para esse processo, de cariz hormonal, que implica engrossar o endométrio (a parede uterina onde o embrião se fixará).

Contudo, convém estar consciente de que uma gravidez na pré-menopausa e uma gravidez na menopausa têm alguns riscos associados. O certo é que tudo dependerá de fatores genéticos relativamente difíceis de contornar, bem como do estado de saúde da mulher.

Alguns dos riscos mais comuns das mulheres que engravidam mais tardiamente são:

  • alterações aos níveis dos cromossomas do feto (como é o caso da Síndrome de Down);
  • elevado risco de aborto durante os primeiros três meses da gravidez;
  • aumento do risco de complicações da gravidez. É o caso da placenta prévia ou baixa — uma hemorragia provocada pela movimentação da placenta, que pode ocorrer durante as últimas semanas de gestação;
  • diabetes na gravidez;
  • hipertensão;
  • parto prematuro.
climafort verano

Se acompanhou este artigo, está certamente na pré-menopausa ou na menopausa. Quer isso dizer, que também deve sofrer dos vários sintomas associados a esta fase da vida da mulher.

Nesse caso, para aliviar todos os incómodos associados à menopausa, é importante que tome um suplemento alimentar como ClimaFort® — um suplemento especialmente concebido para o alívio dos afrontamentos, insónias, fadiga e irritabilidade tão caraterísticos desta

Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *