Partilhar:

A menstruação atrasada é uma constante na tua vida? Ter um ciclo menstrual regular não é tão comum quanto possas pensar. Aliás, só cerca de 15% das mulheres é que tem o típico ciclo menstrual de 28 dias… Em todo o caso, convém que saibas que um ciclo menstrual tem sempre duas fases:

  • a primeira vai desde o primeiro dia do período até ao 14.º dia do teu ciclo;
  • a segunda fase vai desde do 15.º dia até ao 28.º (ou último) dia do teu ciclo.

É durante este ciclo menstrual que o teu organismo se prepara para uma eventual gravidez. Não ocorrendo a fecundação do teu óvulo libertado nesse mês, o teu corpo irá expeli-lo, assim como ao revestimento do teu útero – o que comummente denominamos período.

 

Menstruação regular vs. menstruação irregular

Por oposição a um ciclo menstrual regular – sempre com o mesmo número de dias para o ciclo total ou para a tua menstruação –, há muitíssimas mulheres que se queixam de ter “um período irregular“. Mas, afinal, o que é que isso verdadeiramente significa? É natural que algumas mulheres tenham ciclos mais curtos ou mais longos (do que os ditos 28 dias), sendo também bastante comum que a intensidade e duração do fluxo varie de mulher para mulher. Mas não é disto, claro, que as mulheres se queixam. Clinicamente falando, um ciclo menstrual é considerado “irregular” quando a maioria dos teus ciclos no último meio ano variou muito no que diz respeito ao número de dias total, ao tempo que durou a menstruação e até no que concerne à intensidade do teu fluxo. Por isso, antes de ficares alarmada, convém conheceres os diferentes tipos de irregularidade menstrual que podem definir o teu ciclo.  

 

Diferentes tipos de irregularidade menstrual

Diferentes tipos de irregularidade menstrual

São vários os cenários de irregularidade menstrual possíveis, que podem permitir-te compreender melhor o teu ciclo, considerando fatores como a quantidade do teu fluxo, a sua frequência e o intervalo de tempo que separa duas das tuas menstruações:

  • menstruação anormal – equivale a um ciclo menstrual de cerca de 30 a 34 dias e no qual o fluxo menstrual dura três a oito dias e a mulher perde entre 30 a 80 ml de sangue;
  • amenorreia – carateriza-se pela ausência total de menstruação numa mulher em idade fértil. Pode ser amenorreia primária – que está relacionada com o facto de teres o teu primeiro período tarde – ou amenorreia secundária – que se identifica pela ausência de menstruação durante um período de 6 meses a um ano;
  • oligomenorreia – caraterizada por ciclos menstruais cujos intervalos superam os 40 dias;
  • hipermenorreia – sangramento uterino em excesso e durante um período de tempo significativo, e que ocorre em intervalos regulares;
  • polimenorreia – ciclos menstruais com 21 dias ou menos;
  • metrorragia – sangramento que nem sempre é demasiado intenso, mas que ocorre em intervalos irregulares.
  • hipomenorreia – sangramento regular, mas com uma intensidade bastante baixa;
  • sangramento intermenstrual – um sangramento que acontece entre ciclos regulares sem razão aparente;
  • menometrorragia – carateriza-se por ser um sangramento muito intenso que ocorre em intervalos altamente irregulares.

  banner produto pcos

Posta esta lista, podes facilmente identificar as características do teu ciclo menstrual e perceber se sofres, ou não, de alguma destas irregularidades. Contudo, lembra-te que uma consulta de ginecologia anual é absolutamente essencial para cuidares da saúde do teu sistema reprodutor e compreender as oscilações hormonais que funcionam como causas para sangramentos uterinos pouco normais.

 

menstruação atrasada

Causas dos ciclos menstruais irregulares ou da menstruação atrasada

São muitas as causas que podem justificar os teus ciclos menstruais irregulares. Vamos conhecê-las?

  • gravidez;
  • amamentação;
  • pós-parto;
  • mais do que um aborto;
  • perturbações de sono;
  • jet lag;
  • atividade profissional por turnos;
  • stress;
  • exercício físico muito intenso;
  • flutuações de peso;
  • determinados medicamentos;

Também algumas condições de saúde podem afetar a regularidade dos teus ciclos e provocar uma menstruação atrasada e outras irregularidades que acima referimos. São elas:

  • distúrbios alimentares;
  • hipotiroidismo (e outros distúrbios da tiroide);
  • diabetes;
  • infeções no sistema reprodutor;
  • problemas no útero ou vagina;
  • certos tumores;
  • e, claro, a Síndrome dos Ovários Poliquísticos (SOP)

 

taza y pecosPCOS – um suplemento indicado para regular ciclos menstruais

A SOP – um distúrbio endocronológico (isto é, hormonal) que afeta 6% das mulheres em idade fértil e que pode levar à formação de quistos nos ovários – é uma das causas mais comuns para a irregularidade do ciclo menstrual.

Aliás, aliado a muitos outros sintomas (talvez menos evidentes), a irregularidade do ciclo menstrual pode ser um indício de que sofres de SOP e de que deves consultar um profissional de saúde.

Com acompanhamento médico poderás conhecer todos os meandros do teu ciclo e até introduzir mudanças no teu estilo de vida que te permitam regulares os teus ciclos menstruais.

Uma delas passa pela toma de um suplemento natural como o PCOS, que te ajudará a regular os teus ciclos menstruais, depois de o tomares durante um período de um a três meses. Constituído por ácido fólico, vitamina B6, vitamina B12, entre muitas outras, o PCOS contribui para a regulação da atividade hormonal e ainda para assegurar uma boa síntese e um metabolismo eficaz das hormonas esteroides.

Além disso, ajuda a manter o teu cabelo e a tua pele saudáveis, assim como garante o normal funcionamento do teu sistema nervoso. Menstruação atrasada nunca mias! Como vês, conhecer o teu ciclo menstrual e regulá-lo está ao teu alcance. E com PCOS é ainda mais fácil!  

BOTAO OPINIOES   Junta-te ao nosso grupo de FB

 

Onde posso encontrar PCOS®?

Nas farmácias

Solicite-o com o código nacional: 
C.N.P. 6283283

Siga-nos no Facebook

Partilhar: