doutora tudo sobre a sindrome dos ovarios poliquisticos

Tudo o que precisas saber sobre a Síndrome do Ovário Poliquístico

O que é a Síndrome do Ovário Poliquístico (SOP)?

A Síndrome do Ovário Poliquístico, mais conhecida por SOP, é um distúrbio hormonal que leva à formação de microquistos nos ovários. Esta doença causa menstruação irregular, assim como uma elevada produção da hormona masculina, a testosterona, entre outros sintomas de que vos falaremos. Podemos dizer que existe SOP quando se verificam no mínimo dois dos seguintes fatores:

  • a oligomenorreia – ou seja, uma menstruação irregular, escassa ou pouco frequente;
  • a menorreia – ou seja, a ausência total de menstruação;
  • a anovulação – isto é, quando os ovários não libertam o óvulo durante o ciclo menstrual.
  • a hiperandrogenia – a presença excessiva de hormonas masculinas no corpo da mulher;
  • a deteção de quistos nos ovários através de um exame para o efeito.

 

populaçao afetada pela sop

 

Qual é a população mais afetada?

A SOP afeta, sobretudo, mulheres em idade reprodutiva. A percentagem da população feminina afetada por esta doença é de 6%, o que representa em média uma em uma cada 12 mulheres.

 

sintomas Ovário Poliquístico

Quais os sintomas que vais notar no teu corpo?

Já ficou dito que a SOP leva a ciclos menstruais irregulares – muito fortes, muito fracos ou mesmo inexistentes – o que constitui, de facto, o sintoma mais fácil de identificar. Contudo, há muitos outros sintomas que, aliados a este, podem levar ao diagnóstico da SOP. Os mais frequentes são os seguinte:

  • alterações visíveis na tua pele, desde simples oleosidade, grandes erupções cutâneas e acne ou mesmo manchas escuras na zona da nuca;
  • cabelo fraco ou escassa;
  • excesso de pelos no rosto e ao longo de todo o corpo;
  • mudanças de humor, explicadas pelas alterações hormonais;
  • aumento de peso, sobretudo na região abdominal.

  sintomas da sop

  Os sintomas menos comuns — porém mais graves ­— são:

  • dificuldade em engravidar ou, em casos mais graves, infertilidade;
  • ansiedade, depressão ou outros distúrbios do foro psicológico;
  • aumento do risco de doenças cardiovasculares e de diabetes tipo w (no caso da SOP se verificar em mulheres que sofram de obesidade);
  • hipertensão arterial;
  • surgimento de apneia do sono.

 

diagnostcio sindrome Ovário Poliquístico

Partilhar:

PCOS® é um suplemento alimentar que contribui para o alívio dos sintomas da Síndrome dos Ovários Poliquísticos como o acne ou a menstruação irregular.

como encomendar pcos®

COMPRAR ONLINE

A partir de 2 caixas, o envio é grátis

300 509 108

De segunda a sexta-feira das 8 ás 16h (telefone fixo nacional)

NA SUA FARMÁCIA
Solicita PCOS® com:
  • nome do produto 
  • Se não encontrares o produto desejado na tua farmácia de confiança, lembra que o farmacêutico pode encomendá-lo com o Código Nacional Português6283283.
Se não conseguires encontrar o suplemento nas farmácias da tua área, escreve a: consultas@laboratoriosniam.com.

Posts relacionados

AS NOSSAS REDES SOCIAIS

Pcos®

4 comentários em “Tudo o que precisas saber sobre a Síndrome do Ovário Poliquístico

    • Laboratorios NIAM diz:

      Olá, Patrícia 🙂

      Podes tomar PCOS com qualquer tratamento hormonal, já que não tem nenhuma interferência. Cumprimentos!

      • Laboratorios NIAM diz:

        Bom dia, Livia 🙂

        Podes tomar PCOS enquanto precisares. Tendo ingredientes de origem natural, não necessita de pausas na sua toma e podes começar a tomá-lo em qualquer dia do ciclo.

        A Síndrome dos Ovários Poliquísticos não tem uma cura conhecida. Por isso, os sintomas vão estar presentes toda a vida. Embora não haja tratamento definitivo para a SOP, a boa notícia é que podemos adotar certas medidas que nos ajudam a sentir melhor :D! Há mulheres que tomam a pílula anticoncepcional para tratar os sintomas da SOP. Tomar esta carga hormonal engana o teu corpo, fazendo-o pensar que estás grávida. Desta forma, deixas de ovular: o ovário deixa de produzir óvulos. Outras mulheres optam por uma alternativa natural para tratar a raiz do problema (a descompensação hormonal): produtos naturais, como os suplementos alimentares. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *