Como perder peso de forma saudável a partir dos 50

Lembre-se do seguinte: estamos em outubro (ou em janeiro) e um dia, ao levantar-se, sobe para a balança porque está desejosa por saber como está o seu peso após o verão ou o Natal. E qual é o resultado…? Bom, o melhor é não falarmos disso.

O certo é que é, se já tem 50 anos ou mais, chegou a hora hora de se mexer e de saber qual a melhor forma de perder peso depois do verão ou de aprender a livrar-se daqueles quilitos a mais que ganhou durante o Natal.

Mas calma, pare para pensar! Aos 50 anos o seu corpo não é igual ao que era aos 20 e, provavelmente, terás necessidades diferentes. Um dos grandes erros de muitas mulheres a partir dos 50 anos é que tentam perder peso da mesma forma que sempre fizeram…

No entanto, a verdade é que o seu corpo muda e as suas necessidades também. Por isso, é preciso adaptar-se à sua idade e, no caso das mulheres, ajustar-se a uma das fases da vida mais difíceis de regular: a menopausa.

Os excessos do verão sempre passaram fatura, mas agora, aos 50, talvez se note um pouquinho mais. Então, vejamos o processo que a mulher atravessa durante menopausa.

 

Perder peso a partir dos 50 anos

Uma das maiores preocupações das mulheres durante a menopausa — além dos afrontamentos — é o peso. A partir dos 45/50 anos, o seu corpo começa a mudar: tende a perder água, tende diminuir a massa muscular e tende a acumular mais gordura.

Isto faz com que, ainda que não ganhe muito peso, aumente o volume do seu corpo, especialmente ao nível do abdómen e das ancas. Este aumento deve-se, entre outras razões e caso não tome as medidas necessárias, ao facto de a massa muscular se vir convertendo, aos poucos, em gordura.

Além disso, e como causa da perda de massa muscular e da elasticidade do seu corpo, surge a tão temida flacidez…

Artigo ? O caminho para controlar o teu peso na menopausa. 

perder peso depois do verão
Uma alimentação saudável na menopausa fá-la-á sentir-se bem por dentro e por fora.

Mas a verdade é que muitas destas mudanças do seu corpo se devem a alterações especificamente associadas à menopausa…

Por um lado, com o fim da sua fase fértil, há uma diminuição do nível de estrógenos (hormonas sexuais femininas) que provocam sintomas como afrontamentos, suor, irritabilidade ou insónias.

Por outro lado, em muitos casos também a produção da hormona tiróide diminui. Nesse cenário, o seu metabolismo pode abrandar e provocar um aumento do seu Índice de Massa Corporal. Ou seja, o seu peso e volume corporal podem acabar por aumentar.

Assim, parece evidente que, ao chegar à menopausa, o corpo da mulher entra numa fase carregadinha de mudanças.

Contudo, se é uma mulher que está a passar pela menopausa, isso não significa que não seja possível perder peso depois do verão. Basta saber como!

Por exemplo, em épocas concretas (e normalmente festivas) em que é mais fácil ganhar peso, é imperativo aplicar certas medidas urgentes e permanentes, como adoptar hábitos que facilitem essa transição e evitem que o seu peso ande sempre a oscilar.

Neste artigo dizemos-lhe quais os passos que deve seguir para perder (ou manter) o seu peso e, consequentemente, para estar mais feliz e bem disposta nessa época de transição que é a menopausa.

 

Não confie nas dietas

Não faça dieta

As dietas estão demodé. O que é mesmo preciso é mudar a forma de pensar no seu regime alimentar a longo-prazo, cuidar de si, e deixar o mundo das dietas temporárias. Para isso, é necessário que adote uma série de hábitos saudáveis focados naquilo que a fafrá sentir-se melhor!

Então, quais devem ser os seus hábitos? 

  • Corte com os alimentos que pior lhe assentam durante menopausa e aumente aqueles que lhe fazem bem.
  • Reduza a quantidade de comida, já que o seu corpo não queima tanta energia como antes.
  • Beba muita água (e outros líquidos) sempre que estes não contenham açúcares adicionados.
  • Aumente o consumo de vegetais.
  • Reduza as carnes vermelhas.
  • Não fume.
  • Limite o consumo de álcool.
  • Descanse corretamente e dedique tempo a si mesma.

De facto, deve cuidar de si e isso só se consegue aos poucos, no seu dia a dia.

 

batatas fritidas com sal

Acabe com os antagonistas da sua mesa

Em todos os filmes há um antagonista de que você não gosta. Pois, à sua mesa os antagonistas são os açúcares simples e refinados, os fritos e as gorduras em geral. Acabe já com eles! Prometemos que se sentirá muitíssimo melhor!

Além de reduzir as calorias que ingere, você estará a evitar alimentos nutricionalmente pobres que, no fundo, só provocam mal-estar, pioram o aspecto da sua pele e aceleram o envelhecimento.

 

Froitos vermelhos

Fruta sim, mas com moderação

Quando se pretende perder peso, é frequente que se recorra à fruta porque é um alimento totalmente natural e saudável. Mas, cuidado! Na fruta pode haver também uma armadilha para si que está na menopausa — já que contém grandes quantidades de açúcar, pelo que é possível que não a ajude a emagrecer tanto quanto pensa.

Simplificando, o processo é o seguinte: um excesso de fruta aumenta os níveis de açúcar no sangue e, se não os queimar (com exercício ou atividade intensa), esse açúcar acabar por se converter em gordura…

Claro que com isto não queremos dizer que elimine a fruta da sua dieta! Nem pense nisso! Queremos apenas lembrar que deve ingeri-la com moderação. A fruta é uma fonte natural de vitaminas que têm inúmeros benefÍcios para o seu organismo. Por isso, na hora de escolher, opte por frutas ricas em água — como a melancia ou os morangos, os frutos vermelhos, a pêra ou até mesmo o pêssego.

Além disso, se costuma fazer sumos naturais, não se esqueça de não eliminar a polpa! Sem ela ficará apenas com o açúcar e a água da fruta, eliminando o mais importante: a fibra. Ademais — e se quer um conselho — aproveite e beba esse seu sumo como acompanhamento de um delicioso iogurte com cereais. Aí terá um lanchinho equilibrado e rico nem tudo o que é necessário!

Por fim, se quer perder peso depois do verão, também pode combinar diversas frutas e verduras numa liquidificadora e deliciar-se com os consistentes e nutritivos sumos que daí resultam. Prove, por exemplo, uma mistura de maçã, pêra e espinafres.

 

Um prato de salmão

Coma proteína em todas as refeições 

Um bom truque para diminuir a sensação de fome — e, claro, perder peso — é comer uma porção de proteína em todas as refeições. Porquê? Porque a proteína é saciante e, se estiver mais saciada, acabará por comer em menos quantidade.

Além disso, demorará mais tempo a digerir a proteína do que demoraria a digerir, por exemplo, hidratos de carbono ou gorduras. Assim, também levará mais tempo até ter apetite de novo — o que é sempre uma boa ideia para quem está a tentar emagrecer.

Ademais, as proteínas têm menos calorias do que as gorduras, pelo que a ajudam a manter-se em forma e a evitar a flacidez.

E, afinal, onde encontrar proteínas? Na carne (frango, peru ou coelho, já que são carnes magras e com baixo índice de gordura), na clara do ovo, no peixe como o salmão, nos produtos lácteos e em tantos outros.

E se seguir um regime de alimentação vegetariano, não se esqueça de dar bom uso aos frutos secos, ao tofu e às sementes como as de cânhamo. ?

 

Mulheres fazendo ioga

Mexa-se, pela sua saúde!

Talvez seja daquelas pessoas para quem a expressão “exercício físico” soa a uma verdadeira tortura chinesa. No entanto, e como pode ler no Blog Cuide-se Menopausa, asseguramos-lhe que o exercício é, de facto, o melhor que lhe pode fazer para diminuir o impacto dos sintomas da menopausa e garantir que passa por esta etapa com felicidade e leveza. 

É um facto: muitas mulheres conseguem reduzir a frequência e quantidade dos afrontamentos que sentem durante a menopausa, praticando atividade física regular. Aliás, a atividade física ajuda-a a manter o seu peso sob controlo e, como se não bastasse, aumenta os níveis de serotonina no seu cérebro, garantindo que estará sempre de melhor humor e com mais energia.

Não serão estas razões suficientes para que queira dar início a uma rotina no ginásio ou, quem sabe, numa escola de dança do seu bairro? Claro que sim!

Mas se vai fazê-lo, faça-o bem. É recomendável que faça exercício com peso, já que isso ajudá-la-á a manter a sua massa muscular. Contudo, o ideal nesta fase da vida da mulher é alternar entre exercício físico intenso e outro um pouco mais suave. Pode por exemplo, combinar aulas de zumba ou de step com aulas de yoga, pilates ou meditação. 

Também é muito importante que desfrute dessa atividade física e que não a tome como uma simples obrigação. O exercício físico deve ser visto, sobretudo durante a menopausa, como algo divertido que a ajudará a desprender-se das preocupações da vida quotidiana e a conectar-se consigo mesma.

 

Um copo de chá

Beba chá verde

Por fim, lembre-se que, na natureza, poderá encontrar muitos nutrientes que a ajudarão a sentir-se melhor no que ao seu peso diz respeito. 

Por exemplo, o chá verde contém grandes quantidades de flavonoides, que favorecem a queima de gordura e, por tanto, contribuem para reduzir a sua incidência no seu corpo (ainda que, como referimos no ponto anterior, tenha mesmo que investir no exercício físico).

Assim, se está a dar início a um processo de perda de peso, tenha sempre uma garrafa de chá verde à mão e beba com frequência,

Além disso, lembre-se: não vale beber refrigerantes ou bebidas de supermercado preparadas com chá verde (ou aroma de chá verde). Sim, claro que todas elas são muito saborosas, mas a verdade é que contêm tanto açúcar que o seu efeito acabará por ser contrário ao que deseja. Desta forma, o melhor será preparar o seu chá verde em casa com um infusão clássica, natural e saudável!

Marca-ClimaFort-insignia

Caixa de ClimaFort

Se além de perder peso deseja aliviar os seus afrontamentos e todos os outros sintomas da menopausa mais recorrentes, então conheça o ClimaFort: um suplemento 100 % natural em cápsulas que já ajuda milhões de mulheres a sentirem-se melhor durante esta fase (transformadora) da sua vida.

A fórmula do ClimaFort inclui extrato de lúpulo patenteado, que é até 100 vezes mais eficaz do que as isoflavonas de soja (tão frequentemente prescritas durante a menopausa), aliviando os afrontamentos e outros sintomas da menopausa, como as insónias ou a irratibilidade.

Além disso, ClimaFort inclui mais de 10 vitaminas e minerais especialmente necessários durante esta época, e que a ajudam a manter a saúde dos seus ossos, cabelo e unhas. Garantimos-lhe que com a toma deste suplemento tudo o que fizer para combater os sintomas da menopausa trará resultados melhores e mais rápidos! 

Quer saber mais? Consulte as opiniões das mulheres que já experimentaram ClimaFort aqui:

E a nossa leitora? Costuma ganhar peso nas épocas festivas e no verão? Quais são os seus truques para recuperar a forma? Conte-nos tudo, já sabe que gostamos muito de saber de si! ?

Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *