Receitas variadas para um envelhecimento e menopausa saudáveis

Falemos da alimentação na menopausa! Provavelmente já sabe que a menopausa corresponde a uma fase de transição na vida da mulher que se carateriza pelo fim da menstruação e, consequentemente, pelo fim da etapa fértil da mulher.

É, por isso, um processo biológico que, como tal, deve ser encarado com naturalidade.

A idade média em que, no Ocidente, as mulheres atingem a menopausa ronda os 50 anos, podendo, no entanto, haver algumas variações em torno deste marco.

O certo é que, independentemente da altura em que ocorra, na menopausa os ovários cessam a produção de progesterona e de estrogénio, o qual tem um papel fundamental em diversas funções do nosso organismo e, por isso, os seus baixos níveis têm também consequências que afetam o bem-estar físico e emocional da mulher.

 

melher a beber um cha

Funções do estrogénio e sintomas associados à menopausa

Por um lado, o estrogénio tem várias funções benéficas no nosso corpo. Por exemplo:

  • diminui os níveis de LDL (mau colesterol);
  • aumenta a produção de HDl (bom colesterol);
  • gere a forma como a gordura corporal se distribui pelo corpo da mulher;
  • estimula a produção do colagénio, tão importante para a saúde e luminosidade da sua pele;
  • é um poderoso aliado contra a perda de cálcio, ajudando a fixá-lo nos ossos e, deste modo, ajudando a prevenir eventuais lesões musculares, ao nível da cartilagem, ou outras;

 

banner climafort

 

Por outro lado, o seu défice também tem certas consequências negativas na sua saúde física ou psicológica. Por exemplo:

  • acumulação de gordura na zona abdominal;
  • menor densidade óssea e eventuais problemas como a osteoporose;
  • menor vitalidade, hidratação e brilho da pele;
  • tendência para cair em quadros de ansiedade, depressão ou melancolia.

receitas saudáveis

Alimentação na menopausa

Mas uma forma muito fácil de, naturalmente, combater a falta de estrogénio e os sintomas da menopausa é incluir na sua dieta determinados alimentos, em detrimento de outros.

Mas como? Para já, a alimentação na menopausa deve incluir ou deixar de parte certos ingredientes que nem por isso limitarão o seu menu ou tirarão sabor às suas refeições.

 

o que evitar na menopausa

Alimentação e menopausa: o que evitar

Durante a menopausa, a mulher deve, em geral, banir da sua mesa:

  • cafeína e álcool;
  • refrigerantes e bebidas com gás ou muito açúcar;
  • alimentos demasiado gordurosos, como fritos, salgados, massas folhadas e alimentos processados;
  • carnes fumadas e vermelhas em excesso;
  • pratos demasiado condimentados (com picantes);
  • alimentos ácidos como mel, mexilhões, ostras, camarão etc.

 

leituga e legumes

O que comer durante a menopausa

A alimentação na menopausa deve ser controlada e bem conduzida. Mas, então, o que comer? É fácil, alimentos ricos em:

  • cálcio, como o leite, a sardinha, o salmão, espinafres, couves e brócolos;
  • ómega-3, como frutos secos (mas não em demasia);
  • vitamina A, como a cenoura ou a batata-doce;
  • isoflavonas, como as leguminosas (feijão, lentilhas, grão-de-bico ou favas);
  • zinco e magnésio, como cereais integrais, frutas, nozes etc.

 

Receitas fáceis e saudáveis para a menopausa

Receitas fáceis e saudáveis para a menopausa

Mas nada disto significa que, para aliviar os sintomas da menopausa e sentir que o seu envelhecimento é saudável e gradual, tenha de abdicar dos pequenos prazeres da mesa.

Há várias receitas fáceis e saudáveis que, definitivamente, a farão sentir-se numa pele mais jovem e com mais energia.

Experimente:

  1. uma salada com alface, tomate, milho, maçã e atum ao natural. Sentir-se-á saciada e, certamente, mais leve após a refeição.
  2. um filete de pescada grelhado, temperado apenas com azeite, limão e uma pitada de sal, acompanhado de uma batata-doce e uma salada de rebentos de soja. Não lhe faltará proteína, verdura e um bom hidrato de carbono.
  3. um sumo com duas laranjas, três folhas de couve, um pedacinho de gengibre e um litro de água. Liquidifique tudo e, acompanhando a sua porção de cereais integrais, terá um pequeno-almoço rico e nutritivo.
  4. um prato de lulas grelhadas temperadas com salsa, um fio de azeite e uma pitada de pimenta, a acompanhar uma porção de arroz integral, saber-lhe-ão a mar sem provocar aquela sensação de barriga inchada que tanto a atormenta.

 

ClimaFort: um aliado contra os sintomas da menopausaclimasonho

Se, além de tudo isto, procura uma ajuda extra para aliviar os sintomas da menopausa e levar adiante esta fase da vida de forma saudável e natural, saiba que pode contar com a ajuda de um suplemento natural como ClimaFort®.

O ClimaFort® foi especialmente concebido para aliviar os sintomas da menopausa como os afrontamentos, irritabilidade, insónia e fadiga, pelo que, associado a uma dieta controlada e equilibrada, fará maravilhas ao seu bem-estar.

Rico em estrato de lúpulo e em inúmeras vitaminas e minerais, ClimaFort® contribuirá para equilibrar os seus níveis hormonais, sendo uma excelente alternativa aos tratamentos hormonais que tantas vezes acarretam efeitos secundários nefastos para a sua saúde.

Que melhor forma de levar a cabo um envelhecimento gracioso e saudável do que tomar um suplemento diário em cápsulas que complete os benefícios de receitas variadas, leves e especialmente pensadas para quem está na menopausa?

 

botão opiniões

Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *