Partilhar:

Chegou a hora de falar de sexo na menopausa sem tabus! Está pronta?

Começamos por referir Susan Sarandon, que tem um corpo invejável aos seus 70 anos de idade e exibe-o com orgulho. No entanto, em numerosas ocasiões, a atriz sofreu críticas quanto à sua forma de vestir. E porquê? Porque em vez de tapar o seu corpo, escolhe levar decotes generosos a eventos como festas, estreias e entregas de prémios.

A existência de críticas como estas feitas à célebre atriz demonstra como ainda se censura substancialmente o facto de uma mulher de uma certa idade exibir a sua sensualidade com liberdade. Além disso, todos esses comentários críticos escondem um pensamento muito preconceituoso acerca da sexualidade a partir dos 50 anos.

Hoje vamos conhecer esse preconceito e desmistificá-lo.

 

O que se passa com o sexo na menopausa?

Por vezes, assume-se, erradamente, que a partir de uma certa idade, as pessoas — especialmente as mulheres na menopausa e depois dela — já não devem desfrutar do sexo simplesmente porque (como comummente se ouve) o corpo já não é jovem e já não parece ter a mesma necessidade de prazer.

Tende-se, pois, a esconder a sexualidade feminina a partir dos 50 anos. Tanto nos filmes como nos anúncios de televisão são somente as pessoas jovens e saudáveis que surgem em estreita relação com a actividade sexual.

Em suma, parece que o sexo aos 50 não é expetável. Transmite-se, assim, a ideia de que, com uma determinada idade, não se tem direito a desfrutar da sexualidade porque já não se é jovem, o corpo já não é, eventualmente, tão belo como outrora e, além disso, não tem a capacidade de procriar.

 

Aprenda a desfrutar do sexo na menopausa

Ora, condenar o sexo a partir dos 50 é antiquado e completamente errado, sendo, por isso, importante que o saiba para poder namorar com total liberdade.

Ter a informação apropriada pode ajudá-la a entender as mudanças que está a experienciar no seu corpo durante a menopausa, para que possa desfrutar da sua sexualidade com naturalidade e plenitude.

Mas, afinal, o que é isto da menopausa e porque é que tem um efeito tão ‘castrador’ para tantas mulheres?

sexo na menopausa

Por volta dos 50 anos as mulheres atravessam a menopausa, uma etapa de transição marcada pelo fim da idade fértil. Nesta fase, as mulheres sentem também alterações hormonais que provocam sintomas como:

  • Afrontamentos
  • Insónias
  • Aumento de peso e dificuldade em perdê-lo
  • Instabilidades emocionais que provocam a depressão, ansiedade, angústia etc.
  • Perda de elasticidade na pele e da qualidade do cabelo e das unhas
  • Falta de apetite sexual
  • Secura vaginal
  • etc.

Apesar destes sintomas, o sexo não pode (nem deve) ser relegado para segundo plano e muito menos eliminado da vida de uma mulher. Há sim que saber identificar e, posteriormente, resolver os problemas mais frequentes no sexo na menopausa.

Vamos saber quais são eles?

Problemas mais frequentes no sexo durante a menopausa

Vejamos, então, os problemas reais com que se deparam as mulheres desta idade:

  • Mudança no seu corpo, tendo em conta que, a partir de uma certa idade, o corpo tende a acumular gordura e a reter mais líquidos. Isto traduz-se num aumento de peso que a pode afetar a um nível psicológico.
  • Mudanças de humor, uma vez que na menopausa é muito habitual sofrer estados de humor complexos como a ansiedade, a depressão, a angústia, a tristeza etc. Tal pode afetar também a dinâmica do casal e a vontade de apimentar a relação.
  • Baixa autoestima, já que as mudanças no corpo e outros fatores afetam a autoestima de algumas mulheres, de tal forma que, para algumas, pode ser difícil sentirem-se atrativas em situações íntimas.
  • Falsas crenças, por exemplo, a ideia de que o sexo a partir dos 50 não existe, que todos os homens preferem mulheres mais jovens ou que eles mesmos já não têm potência sexual. Na maioria das ocasiões são mitos que podem chegar a afetar as relações íntimas e que devem ser desmistificados o quanto antes.
  • Ausência de libido, uma das consequências das mudanças hormonais é falta de desejo sexual.
  • Falta de lubrificação, que pode provocar dores durante as relações sexuais.

 

Tenha em conta que muitos destes desconfortos não são exclusivos das mulheres: também os homens sofrem de problemas de autoestima, falta de libido, mudanças no corpo, entre outras coisas, durante a andropausa. Nesse sentido, a comunicação e o diálogo entre o casal são essenciais para derrubar as barreiras que os separam e facilitar o retorno a uma vida sexual plena e feliz.

 

 

As vantagens em que nunca tinha pensado até agora

 

Há também muitos aspetos positivos do sexo durante a menopausa. Vamos conhecer as muitas vantagens que (sim!) a idade lhe trouxe:

  • Não há risco de engravidar: e isto dá-lhe uma liberdade quase total. Esqueça os horrorosos métodos concecionais e dedique-se a desfrutar da relação sexual. Porém, se não tem um companheiro fixo, tenha em conta que o risco de DST continua presente, e que deverá usar preservativo.
  • Liberdade de pensamento: já tem muita experiência de vida, não tendo nada mais a provar e não se devendo preocupar com opiniões alheias. Agora deixe-se apenas relaxar e desfrutar da fase por que está a passar — a sua sexualidade dar-lhe-á a liberdade de que está à procura.
  • A sua experiência dar-lhe-á vantagens: aprendeu muito durante a sua vida sexual até aqui. Agora pode aplicar esses conhecimentos livremente e sem bloqueios.
  • Vive uma época maravilhosa: existe uma forma de estar melhor em todas as etapas e a menopausa não é exceção. Aproveite-a. Desfrute do sexo com cremes lubrificantes, brinquedos sexuais e tudo aquilo que a sua imaginação permitir!

Além de tudo isto, praticar sexo regularmente relaxa-a, aumenta a serotonina de seu cérebro e melhora a sua autoestima. Necessita de mais razões para retomar a sua vida sexual?

Assuma que a menopausa é mais uma etapa na sua vida e que tem o direito a desfrutar dela. Pense que o melhor está agora a começar!

Afinal, a idade dá-lhe a experiência de saber como viver, nesta fase, a sua sexualidade. Faça como a Susan Sarandon: desfrute da sua sexualidade aos 70 ou 80 anos, em qualquer idade! 🙂

 

Quer uma ajudinha extra para aliviar os sintomas da menopausa?

Quando a mulher está na menopausa, pode sofrer de intensas ondas de calor, insónias, irritabilidade e outros sintomas incómodos. Para que possa manter a sua qualidade de vida, é preciso seguir uma série de normas como manter uma alimentação saudável e praticar exercício físico. Além disso, pode tomar um suplemento alimentar de alta qualidade como ClimaFort®.

ClimaFort® é um suplemento alimentar em cápsulas com ingredientes de origem 100% natural que contribui para aliviar os afrontamentos e outros sintomas da menopausa.

Milhares de mulheres já comprovaram a sua eficácia e viveram uma menopausa mais tranquila. Pode ler as suas opiniões e experiências no seguinte link:

Pode pedir ClimaFort ® na sua farmácia mais próxima. Se ainda não tiver chegado, também pode comprá-lo pela Internet com total segurança nesta página. Se pedir duas ou mais caixas, o envio é gratuito.

 

Marca-ClimaFort

 

Onde posso encontrar ClimaFort®?

Nas farmácias

Solicite-o com o código nacional: 
C.N.P. 6283275

Também pode interessar-lhe...

Ansiedade na menopausa: causas e soluções

Menopausa sem afrontamentos Saiba mais   Saiba mais   Depois de uma vida de ciclos menstruais e, quem sabe, rodeada de filhos e netos, há de chegar a uma altura em que é tempo de deixar descansar o seu corpo dos vários processos...

read more

Siga-nos no Facebook

Partilhar: