Partilhar:

Estejas a dormir em sono profundo ou desperto e embrenhado nas tarefas do dia a dia, o teu coração está sempre a trabalhar, sempre a bombear o sangue para todas as partes do teu corpo.

Além disso, é natural que, na maior parte das vezes, tu não o sintas – a não ser, por exemplo, depois de subires uma escadaria a correr ou de apanhares um grande susto.

Contudo, o que também pode provocar um batimento mais acelerado do teu coração são as situações de maior tensão – e ansiedade – nomeadamente a véspera de uma exame importante, uma apresentação oral, uma cirurgia ou consulta médica etc.

Tudo isto é normal.

Mas quando esta sensação de tensão é excessiva podemos estar a falar de uma perturbação de ansiedade que não deve ser menosprezada, sobretudo quando provoca sintomas mais intensos como a taquicardia e as palpitações – que tantas vezes te podem impedir de concretizar certas tarefas diárias.

 

taquicardia ansiedade

Mas, afinal, o que é a ansiedade?

A perturbação de ansiedade carateriza-se por um quadro de preocupação e tensão intensas, que persistem por um longo período de tempo (e de uma forma mais ou menos constante) e que passam a ser incontroláveis.

Mas não desesperes já. Antes de identificares um cenário de ansiedade, convém que conheças os seus sintomas mais frequentes para que compreendas melhor o que sentem as pessoas que sofrem de ansiedade e, consequentemente, para que analises o teu estado.

Anota, então, os seguintes sintomas:

  • mal-estar geral;
  • suores;
  • tremores;
  • falta de ar;
  • náuseas e tonturas;
  • formigueiros em algumas zonas do corpo;
  • taquicardia e palpitações;

No entanto, caso necessário, é importante que consultes um profissional de saúde que te possa ajudar a diagnosticar e a solucionar este problema. Normalmente o diagnóstico passa pela realização de um eletrocardiograma ou do chamado Holter (uma espécie de eletrocardiograma que registará o batimento cardíaco durante 24 horas), exames eletrofisiológicos, entre outros.

 

palpitações ansiedade

Taquicardia: um dos sintomas da ansiedade

A taquicardia carateriza-se por ser uma aceleração do ritmo cardíaco e, uma vez que consiste na oscilação dos impulsos elétricos que controlam a contração do músculo do teu coração, pode ter diversas causas, entre as quais:

  • hipertensão arterial;
  • tabagismo;
  • febre;
  • consumo excessivo de álcool e cafeína;
  • consumo de drogas;
  • historial familiar e enfermidades cardíacas;
  • idade;
  • stress súbito e ansiedade extrema.

 

banner animafor multi

 

Dado que a taquicardia leva à contração demasiado rápida do músculo cardíaco, o teu coração não é capaz de distribuir o sangue devidamente pelo teu corpo, pelo que o priva de oxigénio.

Quando isso acontece, podes sentir mais alguns dos seguintes sintomas:

  • tonturas;
  • dificuldade em respirar;
  • dores no peito;
  • desmaios;
  • palpitações.

 

taquicardia e palpitações como sintomas da ansiedade

O que são as palpitações?

As palpitações – que é um dos sintomas mais frequentes da taquicardia que, por sua vez, é muitas vezes provocada por um quadro de ansiedade – caraterizam-se por uma consciência pouco comum do teu próprio batimento cardíaco (acelerado) enquanto estás em repouso.

Mas também é importante saberes que estas palpitações podem aparecer de forma isolada ou, por outro lado, podem estar presentes de forma contínua ou surgir em surtos (isto é, períodos mais específicos que podem durar segundos, minutos ou mesmo horas).

 

como prevenir taquicardia ansiedade

Como prevenir a taquicardia e palpitações associadas à ansiedade

Se consegues reconhecer-te no quadro de ansiedade que aqui referidos e se, além disso, sentes, com frequência, o teu coração a bater fora dos parâmetros normais e quando não estás em grande esforço, há várias medidas que podes adotar.

Entre muitas outras, deves:

  • praticar exercício físico
  • ter uma alimentação saudável e equilibrada
  • manter o teu Índice de Massa Corporal na janela de valores adequada ao teu peso, altura e idade;
  • controlar a pressão arterial, os níveis de colesterol e açúcar no sangue;
  • não fumar;
  • reduzir ou evitar o álcool;
  • não exagerar no consumo de café;

Além disto, deves procurar enriquecer o teu dia com atividades relaxantes que te permitam reduzir os teus níveis de stress e ansiedade, como por exemplo, passear à beira-mar, procurar zonas verdes mesmo no seio da cidade, estar na companhia de quem gostas, comer algo de que gostes, ouvir música e – para os mais introspetivos – meditar.

 

Uma maneira natural de combater as palpitações e outros sintomas da ansiedade

caixa animafort com estrelas

Outra das possíveis ajudas disponíveis para quem quer reduzir a tua ansiedade e os seus efeitos mais nefastos é o AnimaFort Multi, um suplemento alimentar 100% natural, feito à base de extrato seco de açafrão.

Rico em magnésio, niacina, vitamina B6, B12, entre outros componentes, AnimaFort Multi foi especialmente concebido para ajudar a repor os teus níveis de serotonina – a chamada “substância da felicidade” – de dopamina – chamada “substância da motivação” –, ajudando a controlar os teus sintomas de stress e de ansiedade.

A toma do AnimaFort é simples, sendo que deves tomar duas cápsulas diárias, de manhã e à noite – e verás os seus efeitos positivos não só no teu estado de humor, mas também no melhor controlo do teu apetite, concentração e sono.

Assim, também o teu cansaço será visivelmente reduzido e as chances da tua ansiedade diminuir drasticamente serão bem maiores.

CTA opinioes AnimaFort MULTI

Onde posso encontrar AnimaFort MULTI®?

Nas farmácias

Solicite-o com o código nacional: 
C.N.P. 6330522

Também pode interessar-lhe...

Covid-19: conselhos para um isolamento menos penoso

Ansiedade e stress Saiba mais Saiba mais Frente à ameaça global do Covid-19, todas as nossas autoridades de saúde aconselham (e nalguns países até já é obrigatório) a que nos mantenhamos em isolamento, evitando o mais possível todo e qualquer contacto...

read more

Já experimentaste a acupuntura para a ansiedade?

Ansiedade e stress Saiba mais Saiba mais Em face das rotinas agitadas que todos nós levamos nos dias de hoje, é natural que quadros de ansiedade, stress e até depressão prejudiquem a nossa saúde mental e interfiram no normal decorrer da nossa...

read more

Siga-nos no Facebook

Partilhar: